Bem vindo à CDL FM – A Rádio das quatro estações. Estamos na primavera.

Confiança do comércio registra queda sutil e serviços volta a subir após quatro meses

A Fundação Getúlio Vargas divulgou nesta quarta-feira (30) os indicadores de confiança do Comércio e de Serviços.

O Índice de Confiança do Setor de Serviços, medido pela Fundação Getúlio Vargas, avançou 3 pontos em março, interrompendo uma sequência de quatro meses consecutivos de queda. Com o resultado, o indicador ficou em 92,2 pontos.

Também houve melhora nos indicadores que avaliam a confiança no futuro e que medem a confiança nos tempos atuais. O Índice de Expectativas registrou avanço de 1,7 ponto, passando para 93,7 pontos. Já o Índice de Situação atual registrou crescimento de 4,3 pontos em março, ficando em 90,9 pontos. Segundo a FGV, o avanço da confiança parece estar relacionado com a melhora da pandemia, principalmente nos segmentos que dependem mais da circulação de pessoas.

 

Comércio

O Índice de Confiança do Comércio, medido pela Fundação Getúlio Vargas, recuou 0,2% na passagem de fevereiro para março. Com o resultado, o indicador ficou em 86,8 pontos.  Neste mês houve queda em quatro dos seis principais segmentos do setor.

Segundo a FGV, o patamar da confiança continua baixo e ainda não é possível imaginar uma recuperação mais consistente nos próximos meses. Ainda de acordo com a fundação, o recuo do índice de março foi influenciado pela piora do Índice de Expectativas, que diminuiu 10 pontos, chegando a 86,4 pontos. Já o Índice de Situação Atual subiu 9,5 pontos, ficando em 87,6 pontos, maior nível desde novembro de 2021.