Bem vindo à CDL FM – A Rádio das quatro estações. Estamos na primavera.

Leilão da BR-381 é adiado por falta de propostas

22/11/2023

Redação: Erick Funes

Imagem: Dnit/Divulgação

O Ministério dos Transportes e a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) informam, em nota, que o projeto de concessão da BR-381/MG, não obteve propostas. O prazo para a entrega dos envelopes pelos proponentes terminou ao meio-dia desta terça-feira (21). O leilão estava previsto para esta sexta-feira, dia 24.

Essa é a terceira tentativa de leiloar o trecho entre Belo Horizonte e Governador Valadares. As anteriores ocorreram em 2021 e 2022.

No edital que não chamou atenção de investidores para participar da licitação, consta que o trecho soma 304 km de extensão com potencial de injetar R$ 10 bilhões em investimentos e custos operacionais durante os 30 anos de duração do contrato.

A concessão prevê a instalação de cinco praças de pedágio e tarifas diferenciadas para pistas simples e dupla.

Ainda segundo o comunicado, o Ministério dos Transportes trabalha para reposicionar o projeto e levá-lo a leilão no primeiro semestre de 2024, condições necessárias para viabilizar o investimento privado.

A BR-381/MG, que, em virtude dos acidentes ocorridos nas últimas décadas, ficou conhecida como “Rodovia da Morte”.

Abrangência

O trecho inclui 21 municípios de Minas Gerais: Sabará, Santa Luzia, Caeté, Nova União, Bom Jesus do Amparo, Barão dos Cocais, São Gonçalo do Rio Abaixo, João Monlevade, Bela Vista de Minas, Nova Era, Antônio Dias, Jaguaraçu, Timóteo, Coronel Fabriciano, Periquito, Ipatinga, Santana do Paraíso, Belo Oriente, Naque, Periquito e Governador Valadares.