Bem vindo à CDL FM – A Rádio das quatro estações. Estamos na primavera.

“Divertida Mente 2” é ponte para importantes reflexões no ambiente corporativo

09/07/2024

Redação: Reprodução

Imagem: Rayane Pereira

A animação Divertida Mente 2, da Disney/Pixar, era um dos lançamentos mais aguardados do cinema em 2024 e, com menos de duas semanas em cartaz já se consagrou como campeão de bilheteria. O filme traz como enredo a mente de Riley, uma menina que enfrenta os desafios da transição para a adolescência e, com isso, novas emoções são afloradas. Além das emoções já conhecidas do público – Alegria, Tristeza, Raiva, Medo e Nojo, estreladas no primeiro filme, na parte dois da trama, a turma ganha os reforços de Ansiedade, Inveja, Vergonha e Tédio.

De uma forma divertida, a animação traz importantes reflexões sobre como lidamos com cada sentimento e seus impactos em nosso dia a dia, seja em casa, na escola e até mesmo no ambiente de trabalho.

E é inspirado nesse sucesso cinematográfico que o Instituto Ramacrisna está promovendo uma interação inovadora entre alunos do projeto Adolescente Aprendiz e os funcionários da Instituição. Utilizando cartas que representam os sentimentos do filme, os jovens estão transformando o ambiente administrativo em um espaço de aprendizado e reflexão.

Durante a dinâmica, os alunos distribuem aleatoriamente as cartas entre os funcionários, cada uma representando um sentimento como alegria, tristeza, raiva e todos os demais personagens do filme. Após a escolha, os colaboradores leem em voz alta o sentimento recebido, enquanto os adolescentes compartilham mensagens motivacionais e estratégias para lidar com esses sentimentos no contexto profissional.

Sueli de Oliveira, instrutora do projeto, destaca a importância pedagógica dessa abordagem: “Sempre buscamos trazer temas importantes para os alunos de forma mais leve e lúdica, para gerar mais interesse e engajamento. Esta iniciativa não apenas educa os adultos sobre a influência dos sentimentos no ambiente de trabalho, mas também prepara nossos jovens para os desafios do mercado de trabalho que em breve enfrentarão. Passamos a maior parte do tempo no trabalho e poder estar na sala de controle do nosso sentimento é fundamental”.

E a ação possui embasamento científico, já que os roteiros de Divertida Mente têm como uma de suas bases as pesquisas do psicólogo americano Paul Ekman, pioneiro no estudo das emoções e das expressões faciais ou corporais. Para a psicóloga do Ramacrisna, Jessica Tauane, trazer temas como este para o ambiente corporativo de forma lúdica, ajuda a deixar os colaboradores mais à vontade para se abrirem aos sentimentos. “A frase que mais escutamos em ambientes corporativos é que não se pode misturar vida pessoal e trabalho. As pessoas não querem expressar as suas emoções, acham que isso as deixam mais vulneráveis. Mas não há como fazer isso efetivamente, o nosso corpo não é preparado para isso. Esta ação realizada pelos alunos traz um outro olhar para os colaboradores, inclusive sobre a repressão dos sentimentos, deixa uma sensação de acolhimento e abertura para se falar sobre o tema”, explica.

Solange Bottaro, vice-presidente do Instituto Ramacrisna, enfatiza o impacto positivo dessas atividades: “Abrir espaço para ações como esta é crucial. Além de promover a interação entre os alunos e os colaboradores, também traz reflexões importantes para o ambiente corporativo, melhorando o clima organizacional e a compreensão mútua. Essa abordagem não apenas fortalece o vínculo entre gerações, mas também demonstra como a arte pode ser um meio eficaz para promover mudanças positivas dentro das organizações. ”, enfatiza.

Jhullya Souza, é aprendiz no projeto e aprovou a ação. “Foi muito bom, não apenas por conseguir me entender melhor, mas colaborar para que outras pessoas se descubram e aflore um sentimento que muitas vezes fica escondido e não percebemos. A ação trouxe muito autoconhecimento para todos que participaram, tanto os funcionários quanto nós, alunos”, relatou.

As ações acontecem até a próxima sexta-feira, 12.